terça-feira, 31 de julho de 2012

E viva Michael Phelps!!


Infelizmente, não consegui postar ontem, depois da prova que definiu o maior medalhista olímpico de todos os tempos, mas enfim... Estou muito feliz, não só pela medalha de Ouro do Phelps (finalmente, hein?) no Revezamento 4 x 200 Livre, mas principalmente pelo fato de ter ganho sua 19ª medalha em Jogos Olímpicos.
Mas, também, quero falar da classificação de César Cielo para a final dos 100m Livre. Confio no Cesão, com certeza vem medalha por aí!!
A décima oitava medalha de Phelps veio nos 200m Borboleta, numa prova em que ele liderou praticamente todo o tempo, mas perdeu na última braçada (achei que ele bobeou, mas beleza) para o sul-africano Chad LeClos (aliás, muito fofo, ele chorando de emoção! *-*). Mas valeu pela medalha, e ele até que aceitou bem a Prata (segunda nessas olimpíadas). O Bronze ficou com o Japonês Takeshi Matsuda, que também nadou muito bem.
Logo depois, os dois nadaram o Revezamento 4 x 200m Livre. Logo de começo, Ryan Lochte, que foi o primeiro da equipe norte-americana a nadar, deixou-os em larga vantagem sobre os atletas dos outros países. Depois de Conor Dwyer e Ricky Berens, que mativeram a vantagem, Michael Phelps entrou na piscina, rasgando. Ficou praticamente 4 segundos à frente dos outros (França ficou em segundo e China em terceiro) e, na batida, veio a consagração: Michael Phelps tornou-se o maior recordista de medalhas na história das Olimpíadas. O maior atleta de todos os tempos, com 19 medalhas (por enquanto, pois ele vai disputar mais 3 provas, ainda), agora, é uma verdadeira LENDA DO ESPORTE. Fiquei muito, muito feliz por ele, pois sei que ele estava esperando por esse momento, tanto que deu para perceber em seu semblante. Nem parecia aquele que, decepcionado, acabara de perder o Ouro nos 200m Borboleta. Para quem acompanha a carreira dele, como eu, foi um momento histórico e que ficará marcado para sempre na história do esporte. Michael Phelps, hoje, tornou-se um verdadeiro MITO, uma LENDA, é o MAIOR ATLETA DE TODOS OS TEMPOS. Merecidamente. Como disse um amigo meu no Facebook: Temos que tirar o chapéu para ele.
E acho que será difícil aparecer um nadador tão completo e um atleta tão competente quanto Michael Phelps. Desculpe se estou "rasgando muita seda" para o cara, mas ele merece. E, quem me conhece, sabe o quanto eu o admiro (e que tenho MOTIVOS para isso!). Pra começar: foi ele quem me inspirou a voltar a nadar, depois de anos parada. Sempre que eu pensei em competir, me veio à mente querer ser como ele. Sempre me inspirei nele, por exemplo, no nado Borboleta. E, quando competi pela primeira vez (em que fiquei em 4º Lugar), a primeira pessoa que me veio à cabeça foi ele. E, quando nadei na Maratona Aquática, no ano passado (na mesma prova de Poliana Okimoto), também me veio ele à cabeça. Não tem como eu falar de Natação sem me lembrar de Michael Phelps, mesmo sem ele saber que eu existo. Só tenho a agradecer o cara, por ter me livrado de um total desânimo e me dado inspiração para a Natação, em 2008.
Enfim, rasgação de seda à parte, parabéns, Michael Phelps. Você merece. Você é simplesmente O MELHOR!!!
Beijos à todos e ao Michael Phelps.
Tais Cristina.

2 comentários:

Cris Li disse...

Nossa! Que bom ver vc postando.
Bjs

TAIS MOREIRA disse...

Pois é... eu voltei!! xD