domingo, 12 de agosto de 2012

Desabafo.



Primeiramente, quero parabenizar a todos os atletas brasileiros que foram lá e, mesmo SEM PATROCÍNIO NENHUM DO GOVERNO (que diz que investiu 2 milhões nos atletas - só se for nos jogadores de Futebol, que, por sinal, nem a medalha de ouro conseguiram ganhar, né?), conseguiram trazer medalhas para o Brasil. Brasil esse que se "prepara" para as Olimpíadas no Rio de Janeiro, em 2016. Parabéns, guerreiros, por terem nos representado, mesmo sabendo que, daqui a pouco tempo, serão esquecidos e o povo só se lembrará de vocês nas próximas olimpíadas (e olhe lá).
Mas, acima de tudo, eu gostaria de pedir desculpas a todos vocês, heróis, por nossa total falta de incentivo, nossa falta de apoio, por nossa ignorância. Ignorância, sim, por só sabermos criticar quem está ali para nos representar sem saber da dificuldade que é chegar numa olimpíada sem poder contar com mais ninguém a não ser a si próprio e sua força de vontade.
Pra mim, é inadmissível que um país, que tem mais de 190 milhões de pessoas, leve uma delegação com mais de 250 atletas e saia com apenas 16 ou 17 medalhas. E, pior ainda, é ver o senhor Ministro do Esporte se "indignando" com o desempenho do Brasil nos Jogos. Pra começar que, uma pessoa que NÃO FAZ ABSOLUTAMENTE NADA PELO ESPORTE BRASILEIRO não pode falar nada. Tem ficar bem quietinho, isso sim.
Quando eu era criança, sonhava e até costumava imaginar que estava em uma olimpíada quando tinha alguma competição na escola. Até quando competi na Natação, já adulta, imaginei isso. Quando ganhei minha medalha na Maratona Aquática (prova na qual competi com a Poliana Okimoto, que, por sinal, esteve nas Olimpíadas), era como se eu estivesse ganhando uma medalha olímpica, mesmo sabendo que jamais chegaria a estar em uma. Sei que jamais poderei competir em olimpíadas, mas era assim que me sentia.
Sabe, eu ainda sonho, e muito, em ver o Brasil fazendo bonito nas Olimpíadas. Sei que isso é um sonho distante. Já estou até vendo os atletas daqui fazendo feio no Rio, em 2016. Espero estar enganada. E o pior de tudo é que a culpa não será deles, e muita gente irá criticá-los, vaiá-los, crucificá-los. É assim que funciona. Mas, incrível, não vejo nenhuma dessas pessoas que vivem criticando-os indo lá torcer por eles em alguma competição. É aquela velha história: criticar é fácil, mas ir lá e fazer melhor, ninguém vai.
Sei que o nosso país tem muitas prioridades, como a Educação e a Saúde, fora Segurança, enfim, mas o Esporte, como sempre digo, também deveria ser prioridade. Porque o esporte é sinônimo não só de competição, mas, principalmente de saúde e, claro, de educação. O esporte engrandece o ser humano. Acho que deveriam implantar, por exemplo, Atletismo nas escolas. As crianças deveriam aprender que não é só de Futebol que nosso país vive. Não é só Futebol que presta. Eu gosto muito de Futebol, claro, mas amo Natação, Jiu-Jitsu, Voleibol... se eu pudesse, praticaria vários esportes.
Nosso país, por ser a sede dos próximos Jogos Olímpicos, já deveria ter lançado algum programa de incentivo ao esporte há, no mínimo, dez anos atrás. Para começar a formar atletas olímpicos desde cedo. Mas parece que tudo o que importa para os nossos governantes é ganhar dinheiro em cima do povo brasileiro. E, sabe o que é pior? O próprio povo não faz nada. Depois ainda querem reclamar porque o Brasil não vai bem em olimpíadas. É isso que mais dói. Espero que isso mude, algum dia.
Mas enfim... mais uma vez, parabéns a todos os atletas que estiveram em Londres nos representando. Parabéns aos medalhistas olímpicos. Até aos jogadores de Futebol que, mesmo não levando o Ouro (não fariam mais do que a obrigação), ao menos ganharam medalha. Parabéns aos "desconhecidos" que foram lá e supreenderam o mundo (como a Sarah Menezes, o Esquiva Falcão e o Arthur Zanetti, fora outros). Parabéns a vocês, heróis, guerreiros, que souberam nos representar. Mais uma vez, peço desculpas por nossa total falta de interesse e incentivo. E obrigada por tudo. Vejo vocês em 2016. E, claro, espero ver novos atletas fazendo bonito no Rio de Janeiro.
Beijos à todos.
Tais Cristina.

sábado, 4 de agosto de 2012

A despedida do mito Michael Phelps.


Ontem, foi o último dia da natação nos Jogos olímpicos de Londres. Não consegui ver todas as provas, mas consegui ver a despedida triunfal de Michael Phelps. Foi no Revezamento 4 x 100 Medley. A prova começou com Matthew Grevers no nado Costas, depois foi a vez de Brendan Hansen no nado Peito, e eles, até então, estavam sendo superados pelos japoneses, até que Michael Phelps, com seu nado Borboleta, superou o japonês Takeshi Matsuda nos últimos 50 metros, e Nathan Adrian fechou a prova, dando (mais um) ouro à Michael Phelps. E, claro, aos EUA. O Japão ficou com a Prata e a Austrália com o Bronze.
Foi uma despedida fenomenal, com "chave-de-ouro" (ou melhor: "medalha de ouro") para o maior nadador de todos os tempos. Quando terminou a prova, fiquei feliz pelo Phelps, mas ao mesmo tempo, triste. Pois, naquele momento, eu sabia que aquela seria a
última vez que assistiria Michael Phelps competindo. Eu sabia que, depois desse dia, nunca mais veria Phelps em uma olimpíada. Ele irá fazer muita falta ao mundo da Natação, pois é o maior exemplo a ser seguido. Maior atleta de todos os tempos e, mesmo quando teve aquele caso com as drogas (em 2008 ou 2009, nem lembro), nunca deixei de apoiá-lo e isso nunca tirou o fato de ele ser o melhor. Michael Phelps: 22 medalhas olímpicas, sendo 18 de ouro. Inúmeras outras medalhas em campeonatos nacionais e internacionais. Maior nadador que já existiu no mundo (e vai ser muito difícil alguém superá-lo). Minha maior inspiração na Natação. Parabéns e obrigada por tudo. Tu realmente fará muita falta nas próximas olimpíadas, cara. :')


E, quanto ao fato de o César Cielo não ter conseguido o Ouro nos 50m livre, na sexta-feira... vejo muita gente reclamando, dizendo que ele "decepcionou o Brasil"... Engraçado que essas mesmas pessoas só se lembram dele em época de Olimpíadas, né? E outra: tudo bem, todo mundo esperava vê-lo no lugar mais alto do pódio, mas pelo menos o cara ganhou uma medalha! E acho que vocês deviam dar é GRAÇAS À DEUS por ele e pelos outros atletas que, apesar de não terem NENHUM APOIO DO GOVERNO BRASILEIRO, vão lá e ganham medalhas. Esses pseudo-críticos deveriam calar bem a boquinha, enfiar o rabinho entre as pernas e saírem andando.
Beijos à todos, ao Michael Phelps, ao César Cielo, ao Thiago Pereira, ao mijão do Ryan Lochte e à todos os nadadores do Brasil e do mundo.
Tais Cristina.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

E DEU CIELO!!! EM SEXTO!!!



Pois é... não foi dessa vez que vimos César Cielo ganhar o Ouro olímpico nos 100m Livre (em Beijing 2008, ele ganhou a medalha de Bronze). Fiquei esperando o dia todo só para ver essa prova, na esperança de ver o Cesão ganhar uma medalha (talvez ele não ganhasse o Ouro, mesmo, pois o favorito era o nadador australiano James Magnussen, que ficou com a Prata. A prova foi vencida pelo americano Nathan Adrian). Mas não deu dessa vez. Ontem, ele nadou superbem, classificou-se com tranqüilidade e nós, brasileiros, estávamos muito confiantes de que ele ganharia mais uma medalha para o Brasil (que parece que ficou estagnado nas 3 medalhas que ganhou no primeiro dia de Olimpíadas, né? ¬¬'). Tanto que se via muitas bandeiras do Brasil lá, enfim...

Quando eles entraram, eu tremia mais do que vara verde, pois pensei: "É agora que o Brasil sai das 3 medalhas!". Quando começou a prova, e o Cielo na frente, fiquei estagnada no sofá, sem respirar, só esperando para gritar: "É OURO, CARÁI!!!!". Mas aí, nos últimos metros, quando vi que ele não chegaria na frente, já comecei a desanimar, mas ainda esperava que ele ganhasse medalha. E, quando acabou a prova, e vi que o Cesão chegou em SEXTO LUGAR, falei: "O QUÊ??? SEXTO LUGAR???". Pois foi isso mesmo: César Cielo, medalha de Bronze nos 100m Livre em Beijing, chegou em 6º lugar em Londres. Sei que essa não é a prova favorita dele, mas, pô... o cara é recordista mundial dessa prova, né? Podia ganhar pelo menos um Bronze! Tudo bem que os outros nadadores foram muito bons, muito rápidos, aliás, nunca vi uma final de Natação ter um nível tão alto como esse, onde TODOS os nadadores tiveram chances de medalhas. Mas enfim...
Agora, é focar nos 50m Livre, né? Prova que ele prometeu defender o Ouro conquistado em 2008. É claro que torcerei para ele ganhar, mas... olha... do jeito que tá, não duvido que... bom, deixa pra lá, nem quero pensar nisso. :(

Amanhã tem Thiago Pereira tentando mais uma medalha. 200m Medley. Contra Michael Phelps e Ryan Lochte (favoritíssimo ao ouro)... é, vamos ver o que acontece. xD
Beijos à todos.
Tais Cristina.

terça-feira, 31 de julho de 2012

E viva Michael Phelps!!


Infelizmente, não consegui postar ontem, depois da prova que definiu o maior medalhista olímpico de todos os tempos, mas enfim... Estou muito feliz, não só pela medalha de Ouro do Phelps (finalmente, hein?) no Revezamento 4 x 200 Livre, mas principalmente pelo fato de ter ganho sua 19ª medalha em Jogos Olímpicos.
Mas, também, quero falar da classificação de César Cielo para a final dos 100m Livre. Confio no Cesão, com certeza vem medalha por aí!!
A décima oitava medalha de Phelps veio nos 200m Borboleta, numa prova em que ele liderou praticamente todo o tempo, mas perdeu na última braçada (achei que ele bobeou, mas beleza) para o sul-africano Chad LeClos (aliás, muito fofo, ele chorando de emoção! *-*). Mas valeu pela medalha, e ele até que aceitou bem a Prata (segunda nessas olimpíadas). O Bronze ficou com o Japonês Takeshi Matsuda, que também nadou muito bem.
Logo depois, os dois nadaram o Revezamento 4 x 200m Livre. Logo de começo, Ryan Lochte, que foi o primeiro da equipe norte-americana a nadar, deixou-os em larga vantagem sobre os atletas dos outros países. Depois de Conor Dwyer e Ricky Berens, que mativeram a vantagem, Michael Phelps entrou na piscina, rasgando. Ficou praticamente 4 segundos à frente dos outros (França ficou em segundo e China em terceiro) e, na batida, veio a consagração: Michael Phelps tornou-se o maior recordista de medalhas na história das Olimpíadas. O maior atleta de todos os tempos, com 19 medalhas (por enquanto, pois ele vai disputar mais 3 provas, ainda), agora, é uma verdadeira LENDA DO ESPORTE. Fiquei muito, muito feliz por ele, pois sei que ele estava esperando por esse momento, tanto que deu para perceber em seu semblante. Nem parecia aquele que, decepcionado, acabara de perder o Ouro nos 200m Borboleta. Para quem acompanha a carreira dele, como eu, foi um momento histórico e que ficará marcado para sempre na história do esporte. Michael Phelps, hoje, tornou-se um verdadeiro MITO, uma LENDA, é o MAIOR ATLETA DE TODOS OS TEMPOS. Merecidamente. Como disse um amigo meu no Facebook: Temos que tirar o chapéu para ele.
E acho que será difícil aparecer um nadador tão completo e um atleta tão competente quanto Michael Phelps. Desculpe se estou "rasgando muita seda" para o cara, mas ele merece. E, quem me conhece, sabe o quanto eu o admiro (e que tenho MOTIVOS para isso!). Pra começar: foi ele quem me inspirou a voltar a nadar, depois de anos parada. Sempre que eu pensei em competir, me veio à mente querer ser como ele. Sempre me inspirei nele, por exemplo, no nado Borboleta. E, quando competi pela primeira vez (em que fiquei em 4º Lugar), a primeira pessoa que me veio à cabeça foi ele. E, quando nadei na Maratona Aquática, no ano passado (na mesma prova de Poliana Okimoto), também me veio ele à cabeça. Não tem como eu falar de Natação sem me lembrar de Michael Phelps, mesmo sem ele saber que eu existo. Só tenho a agradecer o cara, por ter me livrado de um total desânimo e me dado inspiração para a Natação, em 2008.
Enfim, rasgação de seda à parte, parabéns, Michael Phelps. Você merece. Você é simplesmente O MELHOR!!!
Beijos à todos e ao Michael Phelps.
Tais Cristina.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Aí sim, fomos surpreendidos novamente!!! [2]

Ontem, em meu humilde blog, disse que torceria para a jovem nadadora lituana Ruta Meilutyte (foto) nos 100m Peito. E não deu outra. A menina nada muito, né? O melhor foi ver a emoção da garota, de apenas 15 anos, comemorando sua medalha de Ouro, isso porque é sua PRIMEIRA OLIMPÍADA. Essa menina vai longe! Parabéns, Ruta! Te vejo aqui nas Olimpíadas do Rio! hehehe
Outra coisa me surpreendeu: Ryan Lochte FORA do pódio na final dos 200m Livre... É, pelo jeito, o cara gosta de imitar o Michael Phelps, né? Até nisso... hahahaha #maldademodeon
Agora, o que me decepcionou foi o Kaio Marcio não ter ido nem pra semifinal dos 200m Borboleta. Aliás, o que tá acontecendo com a maioria dos nadadores brasileiros? Alguns com chances de medalhas (Kaio Marcio era um deles) estão caindo fora!! Eu, hein? Só espero que essa moda não pegue, senão vou até ficar com medo de ver o Cielo, amanhã! Se bem que, nesse, dá pra se depositar um pouco mais de confiança, né? Mas olha... tá embaçado, viu?
Amanhã tem César Cielo nos 100m Livre. E Thiago Pereira nos 200m Medley na quarta-feira. Vamos torcer por eles, porque tá osso torcer para os outros.
Mas enfim...parabéns à Ruta Meilutyte, ela merece!
Ah! Michael Phelps na semifinal dos 200m borboleta, hein? Que arrancada! A única coisa que gritei no final da prova foi "CHUUUPA, CAVIC"!! hahahahaha
Beijos à todos.
Tais Cristina.


domingo, 29 de julho de 2012

Aí sim, fomos surpreendidos novamente!!!



O dia de hoje na Natação nas Olimpíadas foi marcado de surpresas (pelo menos na minha opinião). Infelizmente, nenhum brasileiro se destacou, mas... 4 coisas me surpreenderam, e como me surpreenderam!
A começar pela prova dos 100m Peito (semifinal) Feminino, cuja prova teve uma nadadora de, apenas, 15 aninhos. Seu nome é
Ruta Meilutyte (foto), e ela é da Lituania. Mas o que mais me surpreendeu foi que, apesar da pouca idade e de essa ser sua primeira olimpíada (óbvio), ela mandou muito bem, superando nadadoras de peso, como a Leisel Jones (Australia) e Rebecca Soni (USA), e irá largar na raia quatro (onde larga quem faz o melhor tempo nas semifinais). Eu, particularmente, irei torcer para ela, pois ela tem futuro, nada super leve, com muita técnica e merece ganhar uma medalha. Tomara que ganhe, mesmo.

Segundo: Kosuke Kitajima FORA DO PÓDIO da final dos 100 metros Peito Masculino, prova vencida pelo Cameron van der Burgh, da África do Sul. Tô falando, gente, o mundo vai acabar, mesmo!Já tivemos Phelps fora do pódio e agora o Kitajima... Mais um sinal do apocalipse.

Terceiro: a equipe norte-americana PERDEU a final do Revezamento 4 x 100m Masculino POR CAUSA DO RYAN LOCHTE! Isso mesmo, aquele apontado como o "sucessor" de Michael Phelps nas Olimpíadas! Ele foi o último da equipe dos Estados Unidos a nadar e, não sei o que aconteceu, parece que o cara travou nos metros finais, e os franceses levaram a medalha de Ouro. Michael Phelps foi o que fez o melhor tempo (quero ver "neguinho" falar do cara, agora... vai, tira sarro, vai!), deixando os americanos com uma boa vantagem com relação aos franceses, seguido de Cullen Jones, que mateve a vantagem... e aí, quando foi a vez o Ryan Lochte, o cara "deu pra trás"! kkkkkk
 
Quarto (e o principal de tudo): MICHAEL PHELPS NÃO DEU PITÍ AO PERDER A MEDALHA DE OURO!!! Gente, isso vale uma comemoração, né? Logo ele, que nunca aceitou outra medalha a não ser a de Ouro, SORRIU com a medalha de Prata na mão!! Aí sim, fomos surpreendidos novamente!!! Fiquei muito feliz por essa atitude humilde dele, cara! Mas, ao mesmo tempo, fiquei preocupada... seria esse mais um sinal do apocalipse? Sei não, sei não... hahahaha
Enfim... amanhã tem mais.
Beijos à todos.
Tais Cristina, a orgulhosa de Michael Phelps. xD

sábado, 28 de julho de 2012

Aeeee, Thiago Pereira!! É PRATA!!!


Hoje, foi um grande dia para a natação brasileira: Thiago Pereira, depois de 978979487489677834564789898 tentativas, finalmente ganhou sua primeira medalha olímpica, nos 400m Medley!!! Medalha de Prata!! \o/
Fiquei muito feliz com essa conquista, numa prova bastante disputada (me refiro ao Thiago e ao japonês Kosuke Hagino, que ficou com o Bronze, já que Ryan Lochte, que ganhou o Ouro, estava a anos luz deles) e emocionante. E aconteceu algo inesperado: MICHAEL PHELPS FICOU FORA DO PÓDIO!!! Como assim, produção???? Pois foi isso mesmo que aconteceu: Michael Phelps, o maior ídolo da Natação, ficou em 4º lugar. Sinal do apocalipse. Obviamente, ficou decepcionado (eu também fiquei, pois, como todo mundo aqui já sabe, torço muito por ele), mas enfim... o cara ainda tem mais 6 provas para disputar medalha e, com certeza, irá ganhar.
Agora, eu tenho visto comentários maldosos em relação a isso... vi vários "Chupa, Phelps!" e por aí vai. Aliás, acho que o povo tem memória curta, né? Porque o Michael Phelps tem "apenas" 14 MEDALHAS DE OURO EM (DUAS) OLIMPÍADAS. O povo se esquece de que, só na olimpíada passada, em Beijing 2008, ele ganhou OITO MEDALHAS DE OURO. E daí que ele não ganhou dessa vez? Tudo bem, ficar fora do pódio é decepcionante, mesmo, acredito que ele esteja numa má fase, mas pô, pra que tirar sarro do cara?? Ele merece, no mínimo, RESPEITO. É o maior ídolo da Natação, atualmente, gostem ou não.

Sabe, legal que o Thiagão ganhou, eu, claro, estou muito feliz por ele, mas parem de falar do Phelps como se ele fosse um "nadadorzinho qualquer", porque isso, ele JAMAIS será.
Beijos à todos e ao Thiago Pereira.
Tais Cristina, a phelpsiana até a morte. xD

sexta-feira, 27 de julho de 2012

E começam as Olimpíadas!



Sim, sei que faz um bom tempo que não posto aqui. É que aconteceram muitos problemas e, além do mais, estou sem nadar já faz mais de um ano. E sinto muita, mas MUITA falta, mesmo. Mas, se Deus quiser, voltarei com a Natação o mais breve possível.
Como todos já sabem, hoje foi a abertura dos Jogos Olímpicos de Londres. Não consegui ver até o final, pois tive que sair, mas deu para ver a delegação do Brasil entrar, com a bandeira carregada pelo Rodrigo Pessoa (Hipismo).
Não sei por que, mas senti uma emoção, algo muito forte, mesmo, quando vi... porque me lembro que, em 2008, quando comecei a nadar (para competir), eu dizia que iria para Londres (como se fosse fácil, mas tudo bem). Me senti como se estivesse lá, junto com os atletas que irão representar o nosso país. Foi uma sensação muito boa, mas, ao mesmo tempo, ruim. Me bateu um arrependimento muito grande por ter largado a Natação. Mas enfim... isso, agora, não vem ao caso.
Só sei que, obviamente, irei torcer para os nossos nadadores, mas irei torcer para o Michael Phelps (pois foi ele que me deu inspiração para querer competir na Natação), também. Acredito que Ryan Lochte será o grande nome da Natação, como ele vem se destacando ultimamente. Não sei se ele irá superar o Phelps, mas tem grandes chances. Mesmo que isso aconteça, Phelps sempre será o melhor p mim, não tem jeito. rs

E, claro, tô louca pra ver o meu feinho bonitinho mais fofolete da face da Terra: Alain Bernard (França)!! hehehehehe
Bom... durante os jogos, tentarei postar sempre, ok?
E que comecem os Jogos Olímpicos de Londres!!
Beijos à todos.
Tais Cristina.