terça-feira, 19 de maio de 2009

Nadando os 4 estilos - Parte 1




Gente, como eu prometi para algumas pessoas, vou fazer uma série, de 4 partes, falando sobre os 4 estilos de nado (Crawl, Costas, Borboleta e Peito).
O primeiro será o estilo CRAWL (ou Livre, se preferirem)...hehehehe

PRIMEIRO PASSO: No crawl, o corpo deve ficar posicionado paralelamente a superfície da água para reduzir a resistência frontal.
Quanto mais alternados estiverem os braços, maior será a velocidade. Na fase submersa da braçada,após a entrada na água, a mão deverá se dirigir para fora do alinhamento do corpo e para baixo. Mantenha os dedos unidos, para obter maior tração.
SEGUNDO PASSO: A puxada ocorre de baixo para trás, empurrando a água em direção aos pés, desenhando um S na água. Simultaneamente, o outro braço realiza a recuperação, liderada pelo cotovelo, saindo da água e permanecendo mais alto do que a mão. Esta deve ser a primeira a entrar na água (furando a água com as pontas dos dedos) a uma distância entre a cabeça e o cumprimento do braço estendido. Trace uma linha imaginária do meio da cabeça até a borda da piscina e não cruze a mão para o outro lado do corpo, para nadar em linha reta.
TERCEIRO PASSO: As pernadas são feitas de várias maneiras: 6 por 1 ciclo, 4 por 1 ciclo (acredito que a minha é 4 por 1) e alternada. A respiração também tem algumas variações: 4 braçadas e 1 respiração, 3 por 1 e 2 por 1.
QUARTO PASSO: O ato de inspirar acontece no momento em que a mão estiver passando próxima à coxa e prolonga-se até que a mão, em fase de recuperação, esteja em linha com o ombro. Solte o ar devagar.

COMO EXECUTAR A VIRADA OLÍMPICA DO CRAWL: 1) Nade Crawl em direção a borda e executar o giro da virada o mais próximo possível da parede, sem tocar a parede e finalizar o movimento em pé junto a mesma. Fazer isso sob forma de competição vencendo aquele que tiver o rosto o mais próximo da borda sem tocar pés ou qualquer parte do corpo.
2) Execute a virada de crawl na parede e saia da borda na posição de costas apenas deslizando em total streamline. Não use nenhum movimento propulsivo após a execução da virada apenas a impulsão. Isso ajuda ao nadador entender a importância deste movimento de saida da borda.
3) Execute a virada de Crawl, o giro para a posição de costas mas só deixe a parede na posição de lado. Ou seja, entre após a virada e o toque dos pés na parede na posição de costas so deixa-lá após girar o corpo na posição de lado. Deixar a parede em impulsao na posição de lado em total streamline e deslizando até a perda total da velocidade. A saída de lado da parede é fundamental.
4) Execute a virada de Crawl, sair de lado da parede e deslizar retornando lentamente a posição ventral no deslize sem qualquer propulsão de braços ou pernas. O streamline deve ser mantido durante toda a execução da saída da borda e a execução do movimento até a perda total de velocidade. Não inicie o nado neste exercício, apenas deslize até perder a velocidade.
5) Finalmente, execute todos os processos anteriores e encerre com o inicio de nado de Crawl. Pratique a seqüência sem pular nenhum "degrau" antes que o movimento atinja a total perfeição de execução.

Veja esse vídeo, para que entenda melhor o estilo CRAWL:



Bom...é isso. Espero que tenham gostado dessa primeira parte, a segunda será sobre o estilo Costas.
Até a próxima, pessoal!
Tais Cristina.

8 comentários:

Inez disse...

legal, sempre tive curiosidade em saber um pouco sobre os 4 estilos de natação.

Tolerância Zero disse...

surfei por 7 anos..e nunca aprendi a técnica correta.. interessantissimo isso... seu blog é um dos poucos sobre o assunto!

Miriã Soares disse...

Interessante!!! percebo tenho que perder o medo de agua, quase morri afogada!!!

Lívia Lunardi disse...

Ai que legal!!
Eu fiz natação por uns 6, 7 anos...
ADOOOROO!
Saí por falta de tempo mesmo...
Mas de vez em quando eu vou nadar no sesc... rs

Interessante ver toda a parte teórica dos estilos... rs nunca tinha lido sobre isso!

Muito legal... parabéns

esperaemdeus disse...

É bem difícil.
Meu pai tenta me ensinar e nem o Crawl (livre), é complicado para mim.
Hehehe...

Fabricio Hans disse...

crawl considerado estilo de nado mais fácil de aprender e fazer...seria começo para outros nados.

bom de praticar crawl foi melhorar sempre meu desempenho nele.

Estêvão dos Anjos disse...

para alguém como eu que nunca aprend a nadar só piorou :p

Arthur Alves disse...

Olha, Tais, você deveria falar aqui no blog sobre o 5º estilo... rsrs

O neutro, ou coisa do tipo, esse a qual eu sou expert.
rsrs...

Beijos!